Flamengo
Página Inicial
História do Flamengo
Craques
Notícias Flamengo
Grandes elencos
Jogos imortais
Sala de Troféus
Vídeos do Flamengo
Títulos do Flamengo
Estatísticas
Crônicas
Cronologia
Curiosidades
Escudos
Uniformes
Donwloads
Hino do Flamengo
Mascote
Sedes
Letras de músicas
Frases famosas
Links
Mural da torcida
E-mail

 

Flamengo Campeão Brasileiro 1983

 

 

História

O Campeonato Brasileiro de 1983 foi novamente vencido pelo Flamengo, que se tornou o terceiro clube brasileiro a conquistar um bi-campeonato (como Palmeiras e Internacional), e o segundo a chegar a três títulos, igualando o feito do Internacional em 1975, 1976 e 1979.

Zico comanda ações ofensivas do Mengo em partida contra o Santos.

Zico comanda ações ofensivas do Mengo em partida contra o Santos.

No aspecto geral, foi mantida a fórmula de disputa dos dois anos anteriores. Mas foi criada uma terceira fase de grupos antes das finais eliminatórias, e mais uma vez alteraram-se os critérios de desempate na fase final. Pelo terceiro ano consecutivo, manteve-se o acesso direto de 4 clubes da 1ª fase da Taça de Prata para a 2ª fase da Taça de Ouro. Desta vez, os beneficiados foram Guarani, Botafogo/SP, Americano e Uberaba.

Depois de uma primeira fase sem zebras, vários times tradicionais foram desclassificados na Segunda Fase do Brasileiro de 83. Cruzeiro, Internacional, Bahia, Botafogo e Fluminense experimentaram o amargo gosto da eliminação precoce. Além da revolta da torcida, tiveram um enorme prejuízo financeiro por estarem fora das finais.

A terceira fase também foi muito equilibrada. Palmeiras, Grêmio, Guarani e Corinthians não tiveram forças para chegar às quartas-de-final. O único time a passar desta fase invicto foi o Atlético-MG.

Nas quartas, avançaram o Atlético-PR (que derrotou o São Paulo por 2 a 1 e 1 a 0), Santos (pelo critério técnico, após dois empates com o Goiás em 0 a 0 e 2 a 2), Atlético-MG (com um empate em 0 a 0 e uma goleada de 4 a 1 sobre o Sport) e o atual campeão Flamengo (que passou pelo arqui-rival Vasco em duas partidas emocionantes; 2 a 1 e 1 a 1). Santos e Atlético-MG jogaram uma semifinal disputada. Em São Paulo, a vitória do Peixe foi apertada: 2 a 1; em Belo Horizonte, o time comandado pelo goleiro Marolla jogou todo recuado e garantiu a vaga na final com um 0 a 0. No outro confronto, o favoritismo era todo do Flamengo. No Maracanã, a vitória foi de 3 a 0. Na volta, no Paraná, o goleiro Raul jogou sentindo uma contusão no braço e não saía em quase nenhum cruzamento. Resultado, logo no início o Atlético-PR fez 2 a 0, aí o time do Rio resolveu atuar mais recuado, preservando seu goleiro. Deu certo, o jogo terminou assim e o Flamengo era, mais uma vez, finalista.

O primeiro jogo da final foi realizado no dia 22 de maio, e só deu Santos, o time do litoral paulista foi melhor, e fez 2 a 0 com tranqüilidade. Baltazar, o "Artilheiro de Deus", contratado para substituir Nunes, ainda conseguiu um gol que diminuiu a vantagem do Santos. Na volta, no dia 29 de maio, com o Maracanã lotado, com um público de 155.253 pagantes que acompanhou uma aula de futebol. Logo aos 40 segundos, Júnior chutou, Marolla rebateu, e Zico marcou o primeiro gol do jogo. O Flamengo era só pressão e foi premiado aos 39 minutos, quando Zico bateu uma falta da direita e Leandro fez de cabeça o segundo gol. O Santos ousou no segundo tempo e deu brechas para o contra-ataque do Flamengo. Num desses lances, Robertinho deu uma arrancada sensacional pela direita e cruzou na cabeça de Adílio que selou, aos prantos, a conquista rubro-negra. O fato lamentável da final foi uma briga entre os jogadores do Santos (provocada pelo experiente goleiro Marolla) e alguns fotógrafos, à beira do campo. Mas nada tiraria o brilho de um time que era campeão da Taça de Ouro pela terceira vez em quatro anos. Flamengo tricampeão Brasileiro.

O Elenco

Pôster do Flamengo Campeão Brasileiro em 1983

Pôster do Flamengo Campeão Brasileiro em 1983

Goleiro: Raul

Lateral-Direito: Leandro
Zagueiro: Figueiredo
Zagueiro: Marinho
Lateral-Esquerdo: Júnior

Volante: Adílio
Volante: Andrade
Meia: Tita
Meia: Zico

Centroavante: Baltazar
Atacante: Lico

Técnico: Carlos Alberto Torres
Outros Jogadores: Cantareli, Carlos Alberto, Mozer, Vitor, Edson, Ademar, Júlio Cesar, Cocada, Elder, Peu, Bebeto, Gilmar "Popoca", Ronaldo, Bigu e Felipe.


Última atualização: 27/09/13. Política de privacidade  |  Mapa do Site