Flamengo
Página Inicial
História do Flamengo
Craques
Notícias Flamengo
Grandes elencos
Jogos imortais
Sala de Troféus
Vídeos do Flamengo
Títulos do Flamengo
Estatísticas
Crônicas
Cronologia
Curiosidades
Escudos
Uniformes
Donwloads
Hino do Flamengo
Mascote
Sedes
Letras de músicas
Frases famosas
Links
Mural da torcida
E-mail

 

Flamengo 3x0 Liverpool - Final do Mundial Interclubes de 1981

 

Torcida no Japão

Torcida no Japão

História

Zico com a taça de melhor do Mundo, ao lado de Adílio

Zico com a taça de melhor do Mundo, ao lado de Adílio

A maior partida da história do Flamengo. O jogo da vida de todos os rubro-negros. Este foi o Flamengo x Liverpool, de 13 de dezembro de 1981. Campeão da Taça Libertadores da América, batendo o Cobreloa na final, a equipe brasileira entrava em campo para eliminar o estigma de que não era apenas "time de Maracanã", visto que seus principais títulos até aquela época foram conquistados no "Maior do Mundo" (lembrando que apenas 20 dias antes o clube havia derrotado o Cobreloa em Montevidéu, conquistando o título continental de 1981).

As épocas douradas dos dois times iniciaram juntas, em 1978, ano que a equipe inglesa venceu a Liga dos Campeões da UEFA, dando início a uma seqüência de conquistas de dois campeonatos ingleses (1979/1980) e o título europeu de 1981. Enquanto isso, o clube brasileiro vencia o tricampeonato carioca (1978/1979/1979 especial), o Campeonato Brasileiro de 1980, o campeonato carioca de 1981, além do título continental deste mesmo ano.

Zico ao lado de Leandro e Júnior, com a Taça do Mundial

Zico ao lado de Leandro e Júnior, com a Taça do Mundial

O Liverpool era o grande favorito por ser o maior time da época. O time inglês superara Bayern de Munique e Real Madrid nas duas últimas fases - semifinais e final, respectivamente - da Copa dos Campeões da UEFA. Mas, essa fama dos ingleses e seu ar arrogante de superioridade seriam fatais para eles.

Os 62.000 torcedores que compareceram ao Estádio Nacional de Tóquio, dentre eles, muitos rubro-negros, não viram um show dos vermelhos, mas sim, do vermelho e preto, que trajava sua camisa branca na decisão. Viram um show de Zico, inspiradíssimo. Viram um show do futebol brasileiro. Um show que garantiu o título para o Fla ainda no primeiro tempo, com um indiscutível 3x0, para acabar com as dúvidas de quem era o melhor. Não apenas naquela partida, mas o melhor do mundo. E era o Flamengo.

O Jogo

Encarte da partida entre Fla e Liverpool

Encarte da partida entre Fla e Liverpool

Cercados de muita expectativa, os jogadores do maior time da história do Flamengo adentraram o gramado do Estádio Nacional diante de mais de 60 mil pessoas presentes e aos olhos da Nação Rubro-Negra do outro lado do mundo, no Brasil. E qualquer dúvida sobre o talento e sobre a capacidade destes jogadores, foi por água abaixo logo aos 13 minutos de jogo.

Zico lançou Nunes que viu a saída desesperada do goleiro Grobbelaar e, ainda fora da grande área, o encobriu para abrir o placar, e gravar na memória dos rubro-negros uma cena inesquecível. O "Artilheiro das Decisões" saiu para comemorar antes mesmo de a bola entrar, mostrando a certeza e a confiança no futebol do time. "Acidente de percurso", pensaram os ingleses. Coitados, mal sabiam que o show rubro-negro estava apenas começando.

E o ingleses não poderiam esperar por algo pior. Além do time rubro-negro motivado, Zico estava inspirado. Como (quase) sempre. O Galinho levou à loucura a defesa adversária. Aos 34 minutos, McDermott derrubou Tita na entrada da área e o craque se encarregou da cobrança da falta, mandando a bomba que Grobbelaar apenas rebateu. Na sobra, Lico bateu, o zagueiro Thompson cortou, mas não impediu o gol do oportunista Adílio, que estufou a rede colocando uma vantagem de 2 a 0 no placar.

Nunes toca por cima de Grobelaar para marcar o primeiro...

Nunes toca por cima de Grobelaar para marcar o primeiro...

O Liverpool sentiu o golpe. Até então sempre com ar de superior, o time inglês percebeu que o título mundial escapava de suas mãos. E escapou em definitivo aos 41 minutos. O maior jogador do Flamengo em todos os tempos, Zico, protagonizou lance parecido com o do primeiro gol e que também terminou no fundo das redes. O Galinho lançou novamente o centroavante Nunes, que avançou e bateu na saída do goleiro: 3x0 e fim de papo. Com 45 minutos de antecedência, a taça já tinha destino certo: o Rio de Janeiro.

...e sai para comemorar, antes de a bola entrar

...e sai para comemorar, antes de a bola entrar

O segundo tempo foi arrastado, chato mesmo de se ver. O Liverpool não mostrava forças para reagir, limitou-se a ficar na defesa - talvez temendo sofrer uma goleada ainda mais humilhante. Os craques do Flamengo tocavam a bola de pé em pé sem objetividade, envolvendo os combalidos adversários e esperando o tempo passar. Foram 45 minutos de total domínio rubro-negro sobre os ingleses até o apito final, em que o time da Gávea poderia até ter aumentado o placar, em uma grande troca de passes que envolveu Zico, Lico, Leovegildo Lins da Gama Júnior e Adílio, que finalizou de fora da área, mas o goleiro inglês fez a defesa.

Final de jogo e festa no Brasil, o clube mais popular do país conquistava o mundo. Agora, definitivamente, o Flamengo não poderia ser chamado de "time de Maracanã". Afinal, provou ser imbatível em todo o canto, até mesmo do outro lado do planeta. E Zico provou não apenas ser o "rei do Maracanã", como também, o "rei do Mundo" na década de 1980. Eleito, justamente, o melhor jogador da decisão, o Galinho se firmava mais ainda como o maior de todos os tempos na história do rubro-negro.

Foi o dia em que frases como "Eu teria um desgosto profundo se faltasse o Flamengo no mundo" e "Quero cantar ao mundo inteiro a alegria de ser rubro-negro" fizeram mais sentido para os torcedores do Clube. Uma vitória que fica marcada para sempre na história do Clube.

Vídeo

Vídeo com os gols:

Zico:

Ficha Técnica

Os campeões mundiais entrando em campo

Os campeões mundiais entrando em campo

FLAMENGO 3x0 LIVERPOOL
Final do Campeonato Mundial Interclubes 1981

Local: Estádio Nacional, Tóquio (JAP)
Data: 13 de Dezembro de1981
Árbitro: Rúbio Vazques (México)

Gols: Nunes 13', Adílio 34' e Nunes 41' do 1° tempo

FLAMENGO: Raul, Leandro, Marinho, Mozer e Júnior; Adílio, Andrade e Zico; Tita, Lico e Nunes. Técnico: Paulo César Carpeggiani

LIVERPOOL: Grobbelaar; Neal, R. Kennedy, Lawnson e Thompson; Hansen, Dalglish e Lee; Johnstone, Souness e McDermott (Johnson). Técnico: Paisley.


Última atualização: 27/09/13. Política de privacidade  |  Mapa do Site