Flamengo
Página Inicial
História do Flamengo
Craques
Notícias Flamengo
Grandes elencos
Jogos imortais
Sala de Troféus
Vídeos do Flamengo
Títulos do Flamengo
Estatísticas
Crônicas
Cronologia
Curiosidades
Escudos
Uniformes
Donwloads
Hino do Flamengo
Mascote
Sedes
Letras de músicas
Frases famosas
Links
Mural da torcida
E-mail

 

Flamengo 2x0 Vasco - Final da Copa do Brasil de 2006

 

História

Único time carioca campeão da Copa do Brasil até então, o Flamengo, que já havia chegado à decisão da competição duas vezes nos últimos três anos, contra o Cruzeiro em 2003, e contra o Santo André em 2004, voltou a grande final em 2006, tentando se redimir das últimas decepções. Nada melhor do que enfrentar o Vasco da Gama, grande rival, e fregus na história recente de confrontos entre as equipes em finais, para conquistar esse importante título.

Capa do LANCE! no dia após o jogo

Capa do LANCE! no dia após o jogo

O Rubro-Negro chegou à final após passar pelo Ipatinga-MG, nas semi-finais. E foi do time mineiro que veio o treinador que levou o Flamengo ao título. Após demitir Waldemar Lemos, o departamento de futebol contratou Ney Franco para comandar a equipe. Já o Vasco, em uma semi-final carioca, derrotou o Fluminense, formando assim, a rimeira final de Copa do Brasil entre dois tims do mesmo estado na história.

A primeira partida da decisão foi realizada no Maracanã, no dia 19 de julho de 2006. O ataque do time da Gávea funcionou, a equipe de Ney Franco deu um nó tático nos cruzmaltinos, comandados por Renato Gaúcho, e com uma vitória por 2x0, o Flamengo pôs a mão na taça.

O Jogo

Momento do Gol de Obina - LANCE!

Momento do Gol de Obina - LANCE!

Em um Maracanã lotado, com a torcida, em sua maioria rubro-negra, dando show nas arquibancadas, Flamengo e Vasco entraram em campo buscando mais um título nacional. Título que seria inédito para os cruzmaltinos. Para os flamenguistas, seria a segunda conquista do Brasil, repetindo o feito de 1990, quando o Fla de Júnior drrotou o Goiás na final.

Desde o início do jogo, o esquema armado pelo técnico Ney Franco, que escalou o time em um 3-6-1, mostrou-se fundamental, e deu ao Flamengo superioridade durante praticamente toda a partida. O jovem Renato Augusto teve boa chance aos quatro minutos de jogo, em boa jogada individual. No contra-ataque, foi a vez de Edílson tentar abrir o placar, para o o time de São Januário.

Aos 30', o Fla ameaçou de novo, em cabeçada de Fernando, após cobrança de escanteio de Renato Augusto. Três minutos depois, é a vez de Juan, após tabelar com o mesmo Renato Augusto, quase marcar. O Vasco respondeu em cobrança de falta de Ramón, aos 36. Mas, o placar não saiu do 0x0 no primeiro tempo da partida.

Já na segunda etapa, o Fla voltou com ainda mais gás. Logo aos 12', Renato Augusto cruzou, a defesa do Vasco se atrapalhou, e Obina quase marcou. E foi ele mesmo, Obina, que havia acabado de entrar para decidir o jogo. Em escanteio muito bem cobrado por Renato Augusto, a bola quicou na área, e sobrou limpa para um lindo chute de primeira do atacante baiano. Flamengo 1x0 Vasco, e explosão dos rubro-negros na arquibancada.

Maior bandeirão do Mundo - LANCE!

Maior bandeirão do Mundo - LANCE!

A alegria ficou ainda maior dois minutos depois. Léo Moura recebeu sozinho na direita, avançou, e fez cruzamento na medida para o centroavante Luizão, de cabeça, marcar o segundo, e deixar o Flamengo muito perto da taça. O time de Renato Gaúcho tentou reagir. Aos 18, Abedi quase marcou. Aos 24, foi a vez de Andrade, que cobrou falta no travessão. Aos 31, Morais também tentou. E um último suspiro vascaíno veio aos 42, em outra cobrança de falta de Andrade, mas, a bola foi longe do gol.

O placar ficou no 2x0, e a torcida, que fez festa com o Maior Bandeirão do Mundo, patrocinado pela Nova Schin, e que uniu a Raça Rubro-Negra e a Torcida Jovem do Flamengo, e também com bandeiras em homenagem ao time campeão mundial de 1981, já começava a entoar o canto de "vice de novo", provocando os rivais vascaínos e prevendo que o título viria na quarta-feira seguinte. De fato, ele veio, mas isso é história para outro artigo.

Vídeo

Ficha Técnica

FLAMENGO 2 x 0 VASCO
Final da Copa do Brasil 2006

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 19/07/2006
Árbitro: Leonardo Gaciba
Assistentes: Hilton Moutinho e Ana Paula de Oliveira

Gols: 14'/2ºT - Obina (FLA); 17'2ºT - Luizão (FLA)

FLAMENGO: Diego, Renato Silva (Obina), Ronaldo Angelim e Fernando; Leonardo Moura, Jônatas, oró (Júnior), Renato, Renato Agusto (Rodrigo Arroz) e Juan; Luizão. Técnico: Ney Franco

VASCO: Cássio, Wágner Diniz, Fábio Braz e Jorge Luiz; Diego, Ives, Andrade, Morais e Ramon (Abedi); Valdiram (Ernani) e Edílson. Técnico: Renato Gaúcho.


Última atualização: 27/09/13. Política de privacidade  |  Mapa do Site