Flamengo
Página Inicial
História do Flamengo
Craques
Notícias Flamengo
Grandes elencos
Jogos imortais
Sala de Troféus
Vídeos do Flamengo
Títulos do Flamengo
Estatísticas
Crônicas
Cronologia
Curiosidades
Escudos
Uniformes
Donwloads
Hino do Flamengo
Mascote
Sedes
Letras de músicas
Frases famosas
Links
Mural da torcida
E-mail

 

Flamengo 1x0 Vasco - Final da Copa do Brasil de 2006

 

História

Único time carioca campeão da Copa do Brasil até então, o Flamengo, que já havia chegado à decisão da competição duas vezes nos últimos três anos, contra o Cruzeiro em 2003, e contra o Santo André em 2004, voltou a grande final em 2006, tentando se redimir das últimas decepções. Nada melhor do que enfrentar o Vasco da Gama, grande rival, e fregus na história recente de confrontos entre as equipes em finais, para conquistar esse importante título.

Jônatas levanta a taça da Copa do Brasil - Lancenet

Jônatas levanta a taça da Copa do Brasil - Lancenet

 

O Rubro-Negro chegou à final após passar pelo Ipatinga-MG, nas semi-finais. E foi do time mineiro que veio o treinador que levou o Flamengo ao título. Após demitir Waldemar Lemos, o departamento de futebol contratou Ney Franco para comandar a equipe. Já o Vasco, em uma semi-final carioca, derrotou o Fluminense, ormando assim, a primeira final de Copa do Brasil entre dois timesdo mesmo estado na história.

Na primeira partida da decisão, o Flamengo venceu o rival por 2x0. O jogo seguinte seria para confirmar o bicampeonato rubro-negro e fazer, pela quinta vez consecutiva, o Vasco da Gama sentir o amargo gosto do vice-campeonato. Com gol do lateral Juan, e com direito a olé, o Rubro-Negro venceu por 1x0, e fez a festa da imensa torcida do Clube em todo país.

O Jogo

Juan comemora seu gol com Léo Moura - GloboEsporte.Com

Juan comemora seu gol com Léo Moura - GloboEsporte.Com

Após ter ganho o primeiro jogo por 2x0, o Flamengo entrou em campo na noite do dia 26 de julho de 2006 com uma vantagem considerável para a finalíssima da Copa do Brasil daquele ano, diante do Vasco, no Maracanã. Mas, clássico e clássico, e os jogadores do Fla, conscientes disso, trataram de rechaçaro favoritismo e entrar em campo com raça para conquistar o título. E conseguiram.

Em uma partida muito movimentada, o time da Gávea começou melhor, e logo com 1 minuto de jogo, Léo Moura deu ótimo passe para Renato Augusto, que sozinho, à frente do goleiro, desperdiçou a chance, mas animou a torcida. Quinze minutos depois, um lance crucial na partida. O atacante vascaíno Valdir Papel cometeu dura falta em Leonardo Moura, e como já tinha levado cartão amarelo, foi expulso. Mais festa ainda da torcida rubro-negra e um sinal de que o título estava próximo.

Mesmo atordoado com a expulsão de Valdir Papel, o Vasco quase abriu o placar, aos 18, quando Morais arriscou de fora da área. Mas o goleiro Diego salvou o rubro-negro, que, a partir daí, foi o dono do jogo. Aos 21, Obina recebeu passe de Renato dentro da área. Ele tentou o chute, a zaga cortou, e no rebote ele bateu por cima do gol.

Diego, Renato e Léo Moura festejam após o fim do jogo - Lancenet

Diego, Renato e Léo Moura festejam após o fim do jogo - Lancenet

Três minutos depois, aos 27, o lateral-esquerdo Juan entrou para a história do Flamengo. Após rebatida na área, a bola sobrou limpa para o jogador, na meia-lua. Com um chute forte no canto esquerdo, ele abre o placar. 1x0 para o Flamengo. Somando as duas partidas, 3x0, e ainda com um homem a mais em campo. O título estava garantido.

Na volta do intervalo, a equipe rubro-negra demonstrou seriedade e continuou pressionando os vascaínos. Aos 10, Obina acertou a trave. Aos 15, Jônatas quase marcou um golaço. Após driblar três marcadores, entrou na área, mas chutou fraco, para a defesa do goleiro Cássio. Aos 21, foi a vez de Luizão quase marcar. O atacante acertou a trave em chute de dentro da área. Aos 40, já com a certeza do título, a torcida começa a gritar olé e a soltar o grito de "Bicampeão" aliado a um coro já tradicional nos jogos decisivos contra o Vasco: "Ôôôô, vice de novo!"

Vídeo

Ficha Técnica

Pôster dos Campeões - Lancenet

Pôster dos Campeões - Lancenet

VASCO 0 x 1 FLAMENGO
2º Jogo da Final da Copa do Brasil 2006

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 26/07/2006
Árbitro: Carlos Eugênio Simon
Assistentes: Ednilson Corona e Aristeu Tavares

Gol: 27'/1ºT - Juan (FLA)

VASCO: Cássio, Wagner Diniz, Fábio Braz, Jorge Luize Diego; Ygor, Andrade (Abedi - 8'/ºT), Ramon (Valdiram - 32'/1ºT) e Morais (Ernane - 12/2ºT); Edilson e Valdir Papel - Técnico: Renato Gaúcho

FLAMENGO: Diego, Rodrigo Arroz, Fernando e Renato Silva; Leonardo Moura, Jônatas, Toró (Obina - 19'/2ºT), Renato, Renato Augusto(Peralta - 31'/2ºT) e Juan; Luizão (Léo - 41'/2ºT) - Técnico: Ney Franco.


Última atualização: 27/09/13. Política de privacidade  |  Mapa do Site